terça-feira, 29 de março de 2011

2 meses de MUITO amor

Príncipe,

Hoje você está completando dois meses de vida. E tudo o que a mamãe quer dizer é:

EU AMO VOCÊ!!!

Amo mais do que tudo no mundo.
Amo porque você é lindo.
Amo porque você me ama.
Amo porque você é esperto.
Amo porque você é fruto de um amor verdadeiro.
Amo porque você sorri de um jeito sem igual.
Amo porque você me olha com esses olhinhos de felicidade.
Amo porque só de te olhar o meu coração transborda de alegria.

E te amaria de qualquer jeito.

Amo porque sou sua mãe.
E amo ser sua mãe.

Miguel, obrigada por me escolher!
Deus, Pai, obrigada pelo presente que me foi concedido!



quarta-feira, 23 de março de 2011

O bebê que tenho hoje...

... é tão, tão diferente do bebê que trouxe do hospital, há quase 2 meses. Claro que mudou fisicamente: cresceu, engordou, está ainda mais lindo... mas não é a isso que me refiro. É que há 2 meses eu tinha um bebezinho-incógnita. E hoje eu tenho um bebê que conheço tão bem e que também me conhece tão bem... um bebê que sabe me mostrar com maestria o que quer; um bebê que chora MUITO MENOS (não que antes fosse chorão - não mesmo) porque já conhece outras formas de se expressar; um bebê que se diverte com brinquedos, com conversas, com as próprias mãozinhas. O meu bebê!!!


Coisa mais fofa olhando pra mamãe (preferência n.º 1 dele):


**********

Há cerca de 1 semana descobri um Miguel FASCINADO pelo móbile do bercinho: segue com os olhinhos cada bichinho que passa, estica e agita mãozinhas e bracinhos... e perninhas também, conversa (angu, úuuu, ga, aummmmmmm) e ri muito! Coisa mais linda do mundo!

Daí que logo pensei: "Ora, se o móbile o entretém e o diverte tanto, ganhei alguns minutinhos para comer algo, escovar os dentes, pentear os cabelos e fazer outras coisas que quase se tornam luxo para mães de bebezinhos!"

Calma, amigas. Não se animem. Não deu certo!
Por quê?
Elementar: não consigo sair do quarto quando o coloco diante do móbile. É lindo demais para eu dar as costas!!! E assim ficamos: ele fascinado pelo móbile e eu fascinada por ele!!!




**********

Acho que já havia dito aqui que Miguelzinho ganhou uma árvore em razão de seu nascimento? É um Manacá-de-cheiro (ou Manacá cheiroso) - Brunfelsia Uniflora. Uma arvorezinha bonita, extremamente perfumada, cujas flores mudam de cor: inicialmente elas são azul-arroxeadas, e com o passar do tempo vão clareando até tornarem-se brancas. Quem deu o presente foi o vovô Luiz. E ele mesmo cuidou de plantar:





**********

Ontem apresentei ao Miguel o tapete de atividades. Ele ficou MUITO interessado, mas como já se aproximava a hora de dormir, retirei logo para não transformar o interesse em irritação por excesso de estímulo. Hoje à tarde brincaremos um pouquinho mais!

**********

Como se não bastasse sustentar a cabeça desde antes de completar 15 dias, semana passada Miguelzinho aprontou mais uma das suas: deitado de barriga para cima no sofá, levantou a cabeça (e o tronco, claro) a mais de 45 graus. Sem apoio. Isso mesmo. Meu pequeno bebê quase se sentou utilizando apenas a própria força. Confesso que levei um sustão! Todo cuidado é pouco!

**********

Sempre que coloco Miguel para dormir, procuro fazer o mínimo de barulho. Procuro também não ficar rindo, nem olhando para os lados, nem mexendo os lábios, nem gesticulando demais... Na verdade, procuro ficar bem quietinha para que ele também fique e perceba que é hora do soninho. Nada demais. Apenas o NOSSO ritual.

Acontece que de uns dias pra cá o Miguelzinho resolveu "não brincar mais disso". E, então, eu - séria de tudo, embora extremamente carinhosa - pouso-lhe um beijinho na cebeça, o coloco no moisés e me preparo para fechar o mosquiteiro. Aí me deparo com um par de olhinhos brilhantes me olhando insistentemente. Retribuo o olhar, claro. Aí recebo o mais lindo dos sorrisos... bem grandão, de orelha a orelha. Devolvo o sorriso, transbordando de ternura. E um sonoro "Hã!!!" quebra o silêncio. E é seguido por outro sorrisão.

Pego o pequeno no colo! Beijo, beijo, rio, converso com ele, digo que ele é a coisa mais linda, mais amada e mais importante do mundo!

Alguém duvida?




sábado, 12 de março de 2011

Post acumulado

Nossa, às vezes é tão difícil encontrar um tempinho para escrever que o resultado são assuntos acumulados. Então vou resumir os tópicos mais importantes para deixar o blog atualizado:

No dia 28/02 preparei uma festinha de 1 mês para o Miguel (já que não tivemos 29/02 rs). E foi assim: por volta das 16h, quando eu me preparava para ir ao supermercado comprar o bolo e algumas coisinhas mais, começou em BH uma chuva torrencial, com direito a granizo, raios e trovões. Foi um corre-corre. Vovó Leila e vovô Luiz estavam aqui em casa e... cada um no seu carro! Ou seja, 2 carros na rua debaixo do granizo! Abri o portão da garagem. Foi a última coisa que eu fiz antes de a energia acabar. Precisávamos colocar os carros para dentro, mas granizo machuca! Não tive dúvidas: providenciei uma panela para que meu pai colocasse na cabeça rsrs. E lá se foi o vovô Luiz, à la Menino Maluquinho, colocar os carros para dentro. Deu certo, mas o portão ficou aberto por bastante tempo, até eu encontrar a chavinha que o coloca no manual (tem coisas que só o papai sabe rs). Depois a chuva diminuiu e nós fomos ao supermercado. Mesmo assim a festinha do Miguel começou à luz de velas (e não eram as do bolo somente rs). Foi uma delícia:

Mamãe, Papai e Miguel


Com Vovó Leila e Vovô Luiz

Com Tia Quel, Tia Madrinha Thami e Tia Lari


Com Papai


A Luninha também comemorou



Parabéns, Miguelzinho!!! Nós te amamos!!!


**********

Miguel fez sua primeira viagem. Foi no carnaval. Fomos para um sítio pertinho de BH. Apesar de ter chovido todos os dias, foi bem gostoso. Estávamos Miguel, Mamãe e Papai, Vovó Leila e Vovô Luiz, Madrinha Thami e Padrinho Leo, Tia Lari e Tio André. Nos últimos dois dias, Tia Quel e Tio Rapha também estiveram lá. Vovó Zulmira, Tia Rejane, Priminhos Arthur e Maria Luíza passaram um dia conosco.

Fiquei preocupada, achando que talvez o excesso de novos estímulos deixasse Miguel irritado, com cólicas, etc. Para minha surpresa, nada disso aconteceu. Ele ficou super calmo todos os dias e dormiu bem todas as noites. É claro que eu procurei manter a rotina da hora do soninho idêntica (aposto que isso funciona rs). Apesar da preferência do pequeno por um colinho, ele dormiu bem também no carrinho. Durante as noites, dormiu o tempo todo no bercinho desmontável.

Para a mamãe aqui, o feriado foi especialmente proveitoso, pois sobravam colinhos disponíveis para Miguelzinho nos intervalos entre as mamadas. Dessa forma, pude descansar bastante. Afinal, dar de mamar de 2 em 2 horas e ainda dar colo ao pequeno o dia todo sozinha é uma delícia, mas bastante cansativo sim!

A seguir, algumas fotos do meu principezinho durante o Carnaval:

Cada dia mais lindo
Fez um friozinho...
Boquinha mais gostosa da mamãe
Pra lembrar o quanto Luna e Maya se divertiram...
... e que um tucano apareceu
Essas duas só não tomaram banho de chuveiro; nadaram em rio, na piscina, na poça de lama, na chuva, etc.
Tão, tão, tão lindo!!!
**********

E o desenvolvimento do pequeno continua acelerado: agora já "conversa" muito conosco (e as principais coisas que diz são: é, agu, ahum, hã, iaiai - e mais itens que não sei escrever); está apaixonadíssimo pela mamãe (e por não tirar os olhos dela foi que ela descobriu que bebês novinhos quase não piscam); agarra a mamãe pelo peito, pelos dedos, pelos cabelos, pela correntinha, pela roupa, pelo queixo ou pela boca; demonstra atenção por seus brinquedinhos (principalmente o bonequinho-móbile do carrinho, o chocalho e o elefantinho colorido); reconhece várias vozes e "para tudo" para ouvi-las, mesmo que estejam longe; quando acorda, "chama" mamãe e papai de várias formas antes de abrir o berreiro; o chorinho fofo de bebê já não existe - se "o bicho pega", ele põe a boca no mundo MESMO! E sorri; sorri com todas aquelas gengivas que mamãe tanto ama!!!

Um lindo! Lindo e esperto, comunicativo, carinhoso, risonho. E lindo! 

sexta-feira, 4 de março de 2011

Coisas de mãe

E então a gente percebe que nem se lembrou de passar maquiagem... e isso não tem tanta importância... porque carrega nos olhos um brilho que não precisa de retoque.