domingo, 5 de julho de 2015

Ai, que vontade de voltar a escrever...

E se, de repente, eu voltasse a escrever?

Mais de 2 anos após abandonar desativar o blog, tem me dado uma vontade de registrar nossos momentos especiais, as gracinhas dos meninos (que já não são bebês), os nossos - hilários e emocionantes - diálogos, as conversas entre eles, as brincadeiras, as brigas, as conquistas.

Tenho tanto pra contar.

Tenho tanto pra partilhar.

Tenho tanto pra registrar.

Bom, enquanto eu decido se volto ou não volto e se deixo o blog aberto ou privado, não custa dizer que meus príncipes estão lindos, né?

 
Beijos de Saudade,
 
Tati

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Sobre Mi e sobre Bê - Balanço geral

A verdade é que estou muito sem tempo para o blog. Mas amo esse cantinho porque aqui estão registradas lembranças que eu não quero que se acabem nunca. Assim, ainda que eu demore a publicar algo, vou sim passar por aqui de vez em quando e contar como estamos. Principalmente, gosto de contar como estão os meus filhos, pois acredito que daqui a alguns anos leremos esse blog todo juntos.

Então vamos lá.

Miguel:

No dia 27/01 aconteceu a festa de 2 anos do meu lindo. E foi PERFEITA. Ele aproveitou tanto, mas tanto, que eu sofro só de imaginar não ter feito. Ainda bem que fizemos. Mais uma vez, vale cada centavo, cada preocupação, cada minuto gasto. Só pra ver a carinha de felicidade. O tema não podia ser outro: Galinha Pintadinha!

Uma amostrinha:












Miguel está não somente falando tudo, mas de fato conversando, mantendo um diálogo! E eu estou babando nesta fase porque ele está conjugando verbos como ninguém. Fala em 1.ª pessoa:
Eu dancei, eu pulei, eu cantei, eu brinquei e, claro, eu "comei" e eu "bebei". LINDOOOOOO!!!

Refere-se a si próprio como "Eu": "Mamãe, brinca com eu!" ou "Esse presente é de eu!".
Às vezes refere-se a si próprio como "Miguel Melo", com sobrenome, mesmo em casa. Isso porque há outro Miguel na escola. Sabe que a mamãe é Tati Melo, o papai é Diego Melo, o Bernardo é Bernardo Melo, a Luna é Luna Melo. Distribuiu o sobrenome Melo (que é do papai) também pra algumas pessoas da família da mamãe, que não são Melo, mas... se são da família, oras. Assim, a madrinha é "mainha Thami Melo".

Fala errado do jeito mais amado do mundo. Algumas coisinhas:
- Muquica (formiga)
- Pinguinho (pingüim - coloquei trema aqui propositalmente, para diferenciar da forma como ele fala, sem a pronúncia do "u")
- Ômbisu (ônibus - aquele carrão enorme que ele só conhece por fora rsrs)

Inventa musiquinhas e faz paródia de outras. Ontem me veio com esta:
"borboletona tá na cozona, fazendo chocolona para a madona..."
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
De onde tirou isso, filho meu? MORRI de rir!!!

Continua chutando bola como ninguém. Bola é, de longe, o brinquedo preferido. Tem muitassssssssss!!! Mas agora já gosta muito também de montar quebra-cabeças e de empilhar pecinhas pra fazer castelos e torres bem grandes. E ri muito quando as torres caem! Também gosta de brincar de massinha, de ler historinhas nos livrinhos e de pintar com tinta.

É arteiro e bem teimoso. E tem uma mania feia de jogar as coisas bem longe. Eu explico, explico, coloco de castigo, mas... A mania ainda persiste.

É muito, muito carinhoso. Principalmente com a mamãe. Dia desses:

Papai diz, em tom de brincadeira:
_Ahhh, essa mamãe é doida!
Miguel, sério:
_Não! Ela é "munita"!
Papai provoca:
_Não é não. É doidinha!
Miguel:
_Não, papai. Não pode. Ela "chola". Ela é "munita" sim!
E fim de papo!

E diz coisas lindas, como "Te amo, mamãe" ou "Te amo, amor". Morro quando ele me chama de amor!

Gosta de balinha e de chocolate, mas como sabe que a mamãe regula MUITO, pede assim:
_ Mamãe, eu quelo. Pufavô. Xó um. Pomete. Xó um pedaxinho.
Como não se render???? E o pedido é acompanhado da mais linda cara de pidão!

Está em franco processo de desfralde desde meados de fevereiro. Confesso: na escola, é uma maravilha: passa o dia todo sem fralda e eu sempre ouço da professora que estamos indo muito bem. Em casa é beeem mais difícil. Às vezes tenho a impressão de que ele fica com preguicinha em casa. Mas não faz mal. Vamos no tempo dele.

Come tão bem, que morro de orgulho. E, consequentemente, nunca fica doente. Que mãe não sonha com isso???

É muito esperto. Precisamos ficar atentos a tudo o que falamos perto dele. Pega tudo no ar. Dia desses tinha  uma garrafa de Soda na mesa da cozinha da minha mãe. Eu DETESTO que ele beba refrigerante. Faço tudo para despistar e não dar. Aí o pequeno pergunta:
_ É aba (água), mamãe?
E eu:
_ Sim, filho. É água.
E ele:
_ Aba de Coca, né?
MORRI!!!

Essas pérolas são diárias, mas vou parar por aqui porque o post está ficando grande e eu ainda preciso falar do Bernardo. Então...

Bernardo:

Completamos ontem 38 semanas de gestação. Desde a 36.ª semana, estamos acompanhando o ILA, pois caiu muito. E baixa de líquido amniótico foi a razão da cesariana do Miguel. Na 37.ª semana, após uma queda muito acentuada, fui colocada de vez de repouso e com recomendação para ingerir 3 litros de água por dia (sofrível, mas necessário). O objetivo seria ver se conseguíamos chegar às 39 semanas, uma vez que é nesse ponto da gestação que se tem garantia de que o bebê está prontinho, com pulmões devidamente maduros. Só que a chance de a gente conseguir chegar à 39.ª semana era de cerca de 10%. Tudo indicava que o líquido não aguentaria passar das 38. 

Daí que ontem fui de mala e cuia pra maternidade, crente que seria mesmo internada e que o Bê nasceria em 09/04. Para surpresa geral, o líquido se manteve! Não está alto, mas não caiu mais. Assim, a recomendação foi manter o repouso, a hiper hidratação e voltar em 1 semana, quando estaremos com exatas 39. Dia 16/04, então, terei o Bernardo no colo. Ahhh a outra possibilidade é entrar em trabalho de parto antes disso. Quem sabe...

O Bê está enorme, pelo ultrassom. Total oposto do Miguel, que nasceu super magrinho. Pelo US de ontem, meu segundinho está com 51cm e 3,660kg. Bebezaço!!! Que venha com muuuuita saúde, assim como o irmãozinho, seja gorducho ou magrinho.

Estou ansiosa, inchada e um pouco cansada. Mas bem. Muito bem. Só tenho de agradecer a Deus por duas gestações tão lindas, perfeitas, saudáveis, tranquilas. É MUITA bênção!!!

Com 34 semaninhas de gestação (e um já admirável barrigão, que cresceu ainda mais depois disso) fizemos o nosso ensaio fotográfico. Ficou lindo. Segue uma amostrinha:





















Agora só falta o Bê chegar. Até cortei os cabelos para esperar por ele. E a casa também já está toda prontinha. Até o cesto em que ele dormirá nos primeiros meses está todo gostoso e aconchegante:




O quartinho também está todo montadinho, organizado, lindo e cheiroso.

Pra finalizar, um pouco sobre os dois:
Família:

Bom, não escondo que a minha maior apreensão quanto a essa segunda gestação é mesmo o Miguel. No fundo, tenho um medo danado de ele sofrer, sentir muito ciúme, se sentir preterido e tal. Mas preciso dizer que, ao menos por enquanto, essa angústia é só minha: o pequeno lindo está tirando de letra. Beija a barriga espontaneamente, conversa com o Bernardo, a quem ele apelidou - por conta própria e carinhosamente - de "Bernardinho", fala sobre tudo o que vai ensinar a ele, conta para as pessoas que o bê é irmãozinho dele, está na barriga da mamãe, mas vai sair logo, logo. Faz planos!

Enfim, está sendo ótimo, tranquilo, natural. Que assim continue. Amém!

Comprei presentinhos para o Bê dar ao Miguel quando chegar. A sacola faz parte da minha bagagem que vai para a maternidade: umas pantufas lindonas de cachorro, um trator que vem com um moço ao volante e bichinhos de fazenda atrás e uma caixa com 12 quebra-cabeças da Turma da Mônica. Acho que ele vai adorar. Tinha plano de incluir uma bola, mas acho que esta pode ficar para quando chegarmos em casa. Não vai dar certo Miguel jogando bola na maternidade, né? Ainda mais com aqueeeeele chute que Deus lhe deu!

Então é isso. Pra me despedir, duas fotinhos lindas do meu Miguel:

- Páscoa (o coelhinho veio à nossa casa e deixou até pegadinhas):




- O novo xodó: Homem Aranha



Beijos nossos!
E aguardem o próximo post, com fotos do meu Bê.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

"Quase 2 anos" ou "Meu Bebê"

Ando meio saudosista... Meio apreensiva ao mesmo tempo. Falo em relação ao Miguel.

Saudosista porque, puxa, daqui a 5 dias ele completa 2 aninhos! Faltam só 5 dias! E eu ainda fico me lembrando do dia em que ele nasceu, de como ele era pequenino, de como cabia tão bem no meu colo, de como ele era bonzinho, das musiquinhas que eu cantava para ele...

E apreensiva porque, ao mesmo tempo que tudo passou tão depressa e ele já está um meninão, para mim ainda é um bebê. Um bebê que precisa de toda a minha atenção e de todos os meus cuidados. Só que estou grávida de quase 7 meses. Isso significa que em pouco mais de 2 meses eu terei um recém-nascido em casa. E é aí que começa a minha angústia: como vai ser? Como vou dar colo para os dois? Miguel não vai sentir muito? Meu Deus, por mais que eu fale com ele, eu tenho certeza de que ele não faz a mínima ideia de que, em tão pouco tempo, terá outro bebê aqui em casa. Como será isso tudo?

Não estou arrependida. Estou com medo. Mas também não quero mais falar disso. Este post é pra falar do Miguel. Na verdade, o objetivo real é contar e registrar que, faltando 5 dias para completar 2 aninhos e me pegando num momento de apreensão como falei acima, o meu lindo menino quis dormir como um bebê. E eu o ninei, embora não no colo porque o barrigão nem permite.

Foi assim:

Tomamos banho. Ele disse que queria nanar. Pediu colinho da mamãe. Tentei um colinho sentada, mas ele queria que balançasse. Eu não podia ninar os quase 13 kg de Miguel no colo, com esse barrigão. Ele disse que podia ser no carrinho (sim; o carrinho de bebê que o embalou por cerca de uns 10 ou 12 meses e que brevemente embalará o irmãozinho). Eu o coloque lá. Ele se aninhou como pode (ora, ele nem cabe mais no carrinho), pediu que eu o cobrisse. Eu coloquei o lençolzinho sobre ele, embrulhei os pezinhos caídos para fora do carrinho... E fiquei ali... balançando o carrinho e pensando que, talvez pela última vez, eu estava vendo o meu menino como um bebezinho; como o bebezinho que só existe na minha cabeça e no meu coração.

Faltando 5 dias para ele completar 2 anos, fiz tudo como eu fazia quando ele tinha poucos meses... E registrei, porque pode parecer bobo, mas para mim foi emocionante. Não sei se seria para qualquer mãe. Mas certamente foi para mim, grávida de 7 meses e apreensiva pensando como será daqui a pouco.

É isso.

Beijos nossos e, digam, o meu bebê não é lindo?



segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Meu Miguelzinho - 1 ano. 11 meses.

Post escrito em 29/12/2012 (e não publicado até hoje):



1 ano. 11 meses.

Falta só um mês para o meu pequeno anjo completar 2 aninhos. Não sei como o tempo pode passar tão depressa. Tenho um menino cada vez maior, mais esperto, mais inteligente, mais carinhoso, mais adorável e mais arteiro.

Decidi que, a partir dos 2 aninhos, não farei mais esses posts mensais. Meu filho está crescendo, já fala absolutamente tudo, corre, canta, pula... E as novidades passam a não ser mais tão grandes. Na verdade, para mim, cada sorriso é novo, mas é algo mais abstrato do que tudo o que dá para escrever aqui. Então farei assim: postarei, sem data marcada, uma foto, um vídeo, um fato... Nada de postagens mensais mais.

Sobre a comemoração dos 2 aninhos, resolverei nos próximos dias. Já havia decidido que não teríamos festão como o de 1 ano. Isso porque temos um quarto LINDO para fazer! Mas não significa que não comemoraremos, certo? Apenas será algo mais íntimo e discreto. Então logo falarei sobre isso por aqui.

E quanto ao quarto? Bom... a caminha está comprada e em casa (ainda desmontada) e os móveis planejados já estão orçados, aguardando o início do ano para fazermos a encomenda. Assim, chegarão até início de fevereiro. O papai Diego quer fazer uma iluminação especial, com rebaixamento de gesso. Tenho certeza de que vai ficar lindo! As cores ficarão por conta de uns adesivos super fofos que estou escolhendo com muito amor.

Ahhh o Natal... Ano passado o Miguel ainda era muito pequeno para aproveitar de fato, mas este ano... ele se esbaldou antes, durante e depois! Amou os preparativos, os enfeites, as luzes, os papais-noéis (desde que bem longe dele, por favor), a nossa linda árvore. Na noite de Natal, encantou-se pelos presentes. Tantos, que perdemos a conta! Todos muito especiais, dados por pessoas especiais! E o dia 25, com certeza, entrou para a história do Miguel como o dia em que ele mais brincou na vida. Não dormiu 1 segundo sequer. Não parou nem para comer. Passou o dia sem fralda, brincando com água e com os presentes novos. Aproveitou cada segundo com muito entusiasmo. Por volta de 21h30, tomou um banho e desmaiou no colo da madrinha. Só acordou às 10h30 da manhã do dia 26. Foi um muito FELIZ NATAL!!!

Beijos nossos,

Tati, Miguel e Bernardo

domingo, 23 de dezembro de 2012

sábado, 8 de dezembro de 2012

1 ano e 10 meses de meu Miguelzinho

Então há pouco mais de uma semana ele fez 1 aninho e 10 meses. E está lindo, muuuuuuuuuuito arteiro, extremamente esperto e inteligente, muito independente pro gosto dessa pobre mãe e falando pelos cotovelos.

Não quero escrever muito porque ele vai acordar logo, mas algumas coisas precisam ficar registradas, né?

- A carinha de sapeca que ele faz antes de dormir:




- Está tão cheio de vontades, que é ele que tem de escolher o que vestir e o que calçar. E mesmo se, com muito sacrifício, eu consigo fazer o pequeno vestir uma roupa bonitinha escolhida por mim, ele cisma de colocar "o chenelo" e ninguém faz mudar de ideia. Fazer o que, né?




- O sorrisinho forçado mais LINDOOOO desse mundo que ele dá quando pedimos: "Faz uma carinha linda?"



- O 1.º teatrinho da escola:





 Claro que este merece mais detalhes:

Resumidamente, o teatrinho foi a representação do nascimento do Menino Jesus numa manjedoura. Então lá estavam: João e Maria com o Menino, alguns animaizinhos (Miguel era um dos bichinhos), os 3 Reis Magos e algumas estrelinhas. Um amor!!!

Meu pequeno entrou em cena e, mesmo ressabiado por conta de toda aquela gente ao redor, sentou e ficou lindinho. Olhou muito para a mamãe, sorriu algumas vezes, tirou da cabeça o chapéu que o caracterizava e jogou bem longe.

Ao final, antes de correr pra dar um beijinho na mamãe, cantou (ops, ele não cantou. Ficou só ouvindo. Afinal, estava nervoso o meu pequeno estreante rs) esta musiquinha:


Alegria de Natal

Pinheirinhos! Que alegria !
Tra-la-la-la-la---la-la-la-la
Sinos tocam noite e dia !
Tra-la-la-la-la---la-la-la-la
É Natal que vem chegando
Tra-la-la---la-la-la---la-la-la
Vamos, pois, cantarolando :
Tra-la-la-la-la---la-la-la-la

Todos juntos exultemos ;
Tra-la-la-la-la---la-la-la-la
Velhos hinos recordemos ;
Tra-la-la-la-la---la-la-la-la
Pois, assim, joviais, contentes
Tra-la-la---la-la-la---la-la-la
Traz Papai Noel presentes ;
Tra-la-la-la-la---la-la-la-la


Mais um ano vai-se embora ;
Tra-la-la-la-la---la-la-la-la
Outro chega sem demora ;
Tra-la-la-la-la---la-la-la-la
Tudo é festa, brincadeira
Tra-la-la---la-la-la---la-la-la
Viva a gente prazenteira !
Tra-la-la-la-la---la-la-la-la


 

Fiquei muito, muito orgulhosa!!! Afinal, foi o 1.º teatrinho do meu filho!!! E o 1.º teatrinho a gente nunca esquece!!!


- Fizemos Amigo Baby (das mamães amigas virtuais dos blogs e redes sociais). Ainda não posso divulgar, mas o meu presente já chegou, LINDOOOOOOOO. E eu preciso só postar a carinha de alegria do meu filhote curtindo o presente. Depois divulgo os detalhes, na data combinada:



- Está fascinado pelos enfeites de Natal e, principalmente, pelo "Papai El". Tanto, que até dormiu com o gorrinho do bom velhinho. Fofo, fofo:



Ahhh e pra não esquecer de registrar mais um capítulo da história do Samuel, uma fotinho da mamãe com 5 meses de gestação (e algumas queridas lindas paparicando a barriga):



Então por hoje é só!!!

Beijinhos,

Tati, Miguel e Samuel






sábado, 10 de novembro de 2012

Comendo sozinho

1 ano e 9 meses!

Daí que ele aprendeu mesmo a comer sozinho.
E então todos os problemas na hora da refeição acabaram!

E eu percebi que TUDO passa depressa demais...



Beijos nossos!